CALUNGA

2011

“Calunga” é o resultado de um mergulho histórico e estético nas tradições “folclóricas populares” do Brasil e tem como fonte inspiradora a composição musical de Francisco Mignone (1897-1986) intitulada Maracatu de Chico – Rei (1933).

No argumento criado por Mário de Andrade, Chico – Rei era um escravo – líder de sua tribo do outro lado do Atlântico – que conseguiu comprar sua liberdade e a de quase todos os seus súditos que vieram com ele trabalhar em Minas Gerais. E assim a corte de Chico – Rei desfila em Vila Rica, com a dança das mucambas (amas), dos príncipes, dos macotas (mestres de terreiros), do rei e da rainha, até chegarem à praça principal da cidade, onde os senhores recebem o pagamento em ouro e soltam os escravos restantes.

O Maracatu é um ritmo musical contagiante e no contexto de manifestações dramáticas populares é um cortejo composto por vários personagens, entre eles o boneco ou Calunga. Feitas de madeira ou cera, estas bonecas representam a nobreza, a ancestralidade e o sincretismo presentes nesta festa de rua.

FICHA TÉCNICA

Coreografia
Rui Moreira

Figurinos e adereços
Gustavo Silvestre

Confecção Figurinos
Camarim Artigos para Dança

Música
Francisco Mignone – Maracatu do Chico Rei e

temas incidentais do projeto Pesquisas Folclóricas do Brasil

Iluminação
Rui Moreira e Raquel Balekian

Argumento
Mário de Andrade

Ano
2011

Duração
27’