Uma História
Dedicada á Dança

Sob a Direção Artística de Dany Bittencourt, é considerada uma das melhores companhias contemporâneas do país, sucesso de crítica e de público, com 45 anos de existência olhando para o futuro.

Entre seus traços marcantes está a diversidade e a inovação e ao longo de sua trajetória, detém alguns dados marcantes:
Já foi assistida por um público superior a 3 milhões de pessoas
Em 17 países
Mais de 500 cidades
Em cerca de 5.000 apresentações
Com uma média de 80/100 apresentações/ano

Nos últimos 12 meses alcançou alguns resultados relevantes:
A valoração da mídia teve um alcance de mais de 800 mil;
Atingimos um público (direto e indireto) da ordem de 4,3 milhões:
Via mídias impressas e mídias sociais,
Matérias televisionadas – transmissões e retransmissões – divulgação e/ou veiculação, exibição, reprodução e plataformas digitais.

Hulda Bittencourt (in memoriam)

Fundadora, Diretora Geral e Artística

Iniciou seus estudos com Maria Olenewa, pioneira do balé clássico no Brasil. Especializou-se em vários métodos de ensino de dança desde o contemporâneo até o clássico, entre eles, o da Royal Academy of Dancing.

Fundadora, Diretora Geral e Artística da CISNE NEGRO CIA. DE DANÇA, com 45 anos de existência e do ESTÚDIO DE BALLET CISNE NEGRO, com 64 anos de existência, Hulda, falecida em 2021, deixou um importante e reconhecido legado para a DANÇA BRASILEIRA.

Realizou com a CISNE NEGRO CIA. DE DANÇA diversas apresentações por todo o Brasil e pelos quatro continentes e o sucesso das tournées nacionais e internacionais, bem como o reconhecimento da crítica e do público, consagrou a Companhia como um dos melhores grupos de dança do país.

Utilizando a sua veia artística apurada, Hulda foi uma “lapidadora de talentos”, mestra em transformar, muitas vezes “pedras brutas” em “pedras preciosas”. Fez parte da formação de inúmeros profissionais na ÁREA DA DANÇA e afins, que hoje são nomes consagrados atuando em importantes Companhias no Brasil e no exterior.

Hulda Bittencourt - Cisne Negro Cia de Dança

DANY BITTENCOURT

Diretora Artística e Coreógrafa

Bailarina formada pela Royal Academy of Dancing de London-ARD e professora licenciada, há mais de 20 anos, pelo mesmo método de ensino.Tem em seu currículo aperfeiçoamento em balé clássico em Londres e em dança clássica e contemporânea no Canadá.

Foi por 20 anos bailarina da CISNE NEGRO CIA. DE DANÇA, apresentando-se por todo o Brasil e em países como África, Escócia, Espanha, Inglaterra, Estados Unidos, Argentina, Canadá, Uruguai, Alemanha, Paraguai e Chile. Atuou também como assistente de importantes coreógrafos e professores nacionais e internacionais, como Mark Baldwin (Inglaterra), Gigi Caciuleanu, Patrick Delcroix (França), Itizik Galili (Holanda), Victor Navarro (Espanha), Marc de Graef (Portugal), Boris Storokov (Rússia), Tíndaro Silvano e Rui Moreira (Brasil), entre outros.

Desde 1990 é Diretora Técnica e Artística, além de professora do Estúdio de Ballet Cisne Negro e, paralelamente a essa atividade, desde 1998, é Diretora Artística e de Ensaios da CISNE NEGRO CIA. DE DANÇA, onde também atua como coreógrafa.

Em 2019 fez parte do Corpo de Jurados do Festival de Joinville, onde participou como curadora em 2021.

Daniele Bittencourt - Cisne Negro Cia de Dança

Missão

O objetivo da Cisne Negro Companhia de Dança é ser referência na democratização e acesso as artes, além de oferecer experiências e perspectivas únicas em dança que envolvam a conversa e promovam a diversidade. A Cisne Negro é considerada uma das melhores companhias de dança contemporânea do país, que desde sua constituição está alicerçada à criação, pesquisa e desenvolvimento de talentos. Em seu compromisso com a inovação em todos os aspectos, ela prospecta o enriquecimento da cultura brasileira por meio de suas atividades e espetáculos em âmbito nacional e internacional.

Visão

A ALMA da Cisne Negro está no comprometimento com a colaboração, elaboração e implementação de projetos socioculturais, socioeducativos e ambientais que auxiliam na idealização e direção de uma sociedade mais inclusiva. A Companhia promove o acolhimento artístico e cultural, pois acredita fortemente que todo ser humano merece experimentar o prazer da arte e, igualmente, que a cultura é uma ferramenta significativa de transformação social, alimento de esperança e sonhos.nacional.

Valores

  • Paixão;
  • Diversidade humana e cultural;
  • Desenvolvimento sustentável;
  • Democratização e acessibilidade a arte;
  • Ética e transparência;
  • Empreendedorismo e inovação;
  • Respeito à vida; Preservação, Humanização e Dignidade.

Uma Ferramenta de Transformação Social

A CISNE NEGRO CIA. DE DANÇA acredita que a cultura é uma ferramenta de
transformação social, alimento de esperança e sonhos de muitas pessoas, portanto,
dentro do seu repertório possui obras sócio-educativas, como: “Vem Dançar” – a história da dança através dos tempos, “Don Quixote e Sancho Pança, Viajando pela Dança”, uma viagem pelas danças tradicionais brasileiras, sob uma ótica contemporânea e “Baobá” obra baseada na história de O Pequeno Príncipe, uma discussão entre o Pequeno Príncipe e um Príncipe afro-brasileiro sobre a sustentabilidade do planeta.Os trabalhos da Companhia se inserem dentro do panorama contemporâneo da dança ocidental, e conseqüentemente, desde o início, trabalha com coreógrafos inovadores.
Seus trabalhos já foram apresentados nas principais cidades do Brasil e, na África do Sul, Alemanha, Argentina, Canadá, Chile, China, Colômbia, Cuba, Escócia, Espanha, Estados Unidos, Inglaterra, Moçambique, Paraguai, Tailândia, Uruguai, China e Romênia.
Com uma visão eclética, participa de eventos diversificados:

Fez parte da turnê internacional do tenor italiano Andréa Bocelli, com coreografia de Dany Bittencourt e participação de bailarinos da CISNE NEGRO CIA. DE DANÇA
2016 – Nas cidades de Curitiba e São Paulo;
2018 – Nas cidades de Porto Alegre, Brasília e São Paulo
No mês de maio de 2018, participou da Ópera La Traviata, no Theatro Municipal de São Paulo, sob a direção de Jorge Takla, com coreografia de Dany Bittencourt.

Ações Sociais de Inclusão e Socialização

Consciente de sua responsabilidade social, a CISNE NEGRO CIA. DE DANÇA tem
participado de inúmeros projetos sociais de arte-educação ao longo de sua
trajetória, com o intuito de TRANSFORMAR, através da ARTE E DA DANÇA,
indicadores sociais principalmente junto à população jovem em situação de risco.

Em 2021 iniciou o projeto social “NÚCLEO DE DANÇA CISNE NEGRO”, nas
dependências do Instituto Dom Bosco, no Bom Retiro, com aulas gratuitas de ballet
clássico, pelo método da Royal Academy of Dance para 60 crianças, com
professores especializados, adaptando o local para essas aulas, com espelhos,
barras, tapete para dança e demais acessórios bem como, fornecendo também de
forma gratuita todo o uniforme e adereços necessários para tanto.

Cisne Negro Cia de Dança

Dança nos Hospitais

Desde 2016 realiza espetáculos gratuitos em saguões de hospitais para pacientes, equipe médica e equipe de apoio, humanizando o ambiente hospitalar, com arte, cultura e beleza, com importantes resultados de sensibilização e esperança.

Prêmios